Como plantar uma dália com sementes ou através de um tubérculo

0
22911

As dálias podem agrupar-se em dois grupos principais: as anuais, que se desenvolvem a partir de semente, e as que se desenvolvem a partir de tubérculos.

As sementes  vendem-se habitualmente em misturas de diferentes cores; para a obtenção de flores de uma determinada cor, é preferível optar pela plantação de tubérculos.

As plantas podem crescer desde 30 cm até 1,5 m de altura, com flores singelas ou dobradas de 5 a 25 cm de diâmetro, dependendo do tipo. As dálias florescem dos fins de Julho até ao fim do Outono.

Preparação do solo

As dálias precisam de luz abundante e, de preferência, canteiro próprio. Solo ligeiro bem drenado é o ideal, mas as plantas dão-se em qualquer solo razoável. Se o solo for compacto, junte-lhe um pouco de areia e de terriço. Prepare o solo, estrumando-o bem no Outono para as plantar na Primavera seguinte.

Seleção dos tubérculos

Compre os tubérculos maiores que conseguir, pois são esses os que mais provavelmente produzirão as flores maiores e mais abundantes. Certifique-se de que são saudáveis — rejeite os que tiverem cortes, pontos moles, sinais de apodrecimento ou zonas secas ou manchas poeirentas.

Plantação da Dália

Todas as dálias, excepto as anãs, necessitam de estacas. Abra um buraco de 15 cm para cada planta e espete nele uma robusta cana de 1,5 m até à profundidade de cerca de 30 cm.

Coloque o tubérculo cuidadosamente para não o danificar e deixando para cima a parte que irá dar origem ao caule. Misture o solo extraído com farinha de ossos e um pouco de turfa — Utilize-o para tapar o buraco e depois regue a planta.

Se quiser obter dálias em vasos, proceda do mesmo modo, colocando estacas e plantando o tubérculo. Regue depois de plantar e novamente passados dois dias, se o tempo estiver seco.

A sua opinião
[Total: 8 Média: 3.3]