Onde plantar a sua horta em casa

0
10172

Ter uma horta em casa é um incentivo para toda a familia consumir mais frutas e legumes diariamente e iesta ideia não se aplica só a quem tem casas com um quintal espaçoso.

Cultivar uma horta em casa é sinónimo de saúde; afinal, além de ser um incentivo para incluir mais frutas e legumes na sua alimentação diariamente, com o cultivo tradicional caseiro vai garantir que consome hortaliças completamente livres de insecticidas.

Veja a horta em casa como mais um contributo para ter uma alimentação saudável e natural, além disso é com certeza um modo de incentivar as crianças a consumir mais legumes.

Para quem tem crianças em casa, a curiosidade e o prazer delas ao ver o desenvolvimento de uma planta, pode transformar o seu consumo muito mais apetecivel.

Além disso, cuidar da horta pode ser uma boa atividade para fazer em família, proporcionando mais tempo útil com os seus filhos, ajudando-os a ligarem-se mais á natureza e a desenvolver as suas capacidades de responsabilização.

Os benefícios a nível da saúde, devem pesar na sua decisão, mas atenção que também deve ter em conta os benefícios financeiros. Ao cultivar os seus próprios legumes, vai deixar de os comprar no supermercado ou em feiras. É também um elemento a mais na sua decoração – quer seja uma horta dentro de casa ou no quintal, é uma forma de dar um toque mais verde e deixar o ambiente mais fresco e acolhedor.

Além destas vantagens, ainda convém reforçar que o cultivo de uma horta caseira não é complicado: se dedicar algum tempo aos cuidados com a rega e a necessidade de adubar, com a experiência vai conseguindo identificar as necessidades de cada espécie e assim vai conseguir aumentar a produção, e obter alimentos de qualidade que irão fazer toda a diferença na alimentação da sua família.

Onde plantar a sua horta em casa

Se não tiver nenhum quintal,  escolha um local que receba algumas horas de luz solar direta e mãos á obra.

Se o seu apartamento tiver  sol durante todo o dia, vai pode plantar uma horta completa, com ervas aromáticas, hortaliças, legumes, etc. Mas, forem poucas as horas de luz, só vai ser possível plantar algumas ervas aromáticas e temperos na sua varanda, sacada ou janela.

Na hora de planear a sua horta, pense no espaço disponível, selecione as espécies que pretende cultivar e avalie qual o modelo que se integra na decoração e estilo da sua casa.

Horta vertical
Horta vertical

Sugerimos algumas formas de cultivar as plantas:

  • Diretamente na terra: ideal para quem tem quintal com espaço, neste modelo tradicional as sementes ou mudas são plantadas diretamente na terra.
  • Vasos: vasos são alternativas práticas tanto para quem vive em casas térreas como para quem vive em apartamento, sempre disponível em várias opções de tamanhos, materiais, formatos e cores.
  • Embalagens recicladas: garrafas pet, latas de refrigerante ou alimentos, caixas de leite, potes de vidro. É uma alternativa económica, rápida e sustentável.
  • Floreiras: oferecendo um bom espaço, as floreiras são ótimas para uma horta compacta em pequenos espaços.
  • Caixas de madeira: espaçosos e baratos, caixotes de madeira e paletes podem ser boas escolhas
  • Horta vertical: ideal para quem mora em apartamento, esse modelo consiste em montar a horta aproveitando espaços próximos em paredes. A horta vertical pode ser plantada em vasos, embalagens recicladas, estruturas de madeira e sapateiras.

Vale a pena relembrar para quem opte por vasos, potes, caixas, garrafas e outros recipientes, seja em hortas verticais ou horizontais, não deve esquecer de providenciar furos no fundo para evitar os excessos de água no solo.

Lembre-se de instalar a sua horta num local com muita iluminação natural, pouca humidade e que não esteja sujeito a ventos muito fortes, prejudiciais a alguns tipos de  plantas. Outro ponto a considerar na hora de começar a sua horta em pequenos espaços é a seleção das plantas: tenha em atenção as necessidades de luz e espaço porque variam bastante de espécie para espécie.

A sua opinião
[Total: 4 Média: 4.5]